23.2.18

calda de marshmallow


Apenas uma calda de marshmallow bem honesta e simples para acompanhar sorvetes. Ela fica mais espessa quando guardada na geladeira, coloque uns segundos no microondas para aquecer que ela fica mais ralinha - o livro sugere o aquecimento e eu preferi colocar gelada, ainda mais nestes dias de calor intenso. Receita do livro Saveur: The New Classics Cookbook.

calda de marsmallow:
1 colher (chá) gelatina em pó sem sabor
1 xícara água
1 ½ xícara açúcar
1 xícara glucose de milho
1 colher (chá) baunilha

Na tigela da batedeira misture a gelatina com ½ xícara de água. Enquanto a gelatina hidrata, coloque numa panela alta - ou leiteira - a água restante, açúcar e glucose, mexa somente para o açúcar dissolver e deixe em fogo médio (sem mexer) até atingir 115ºC, cerca de 10-15 minutos depois que levantar fervura. Quando atingir esta temperatura coloque a mistura na tigela da batedeira, ligue em velocidade baixa por uns 2 minutos para misturar bem com a gelatina. Depois aumente a velocidade e bata até formar uma mistura branca e grudenta. Guarde num vidro, na geladeira por até 1 mês.

9.2.18

cookies de chocolate com cranberry


Receita já repetida algumas vezes aqui em casa, além de deliciosa é uma das receitas de cookies mais simples que conheço. Também gosto da combinação do azedinho da cranbery com a doçura do chocolate ao leite. Do livro Apples for Jam, da Tessa Kiros.

cookies de chocolate com cranberry
5½ colheres (sopa) manteiga, temperatura ambiente
¼ xícara açúcar mascavo (aperte na xícara para medir)
¼ xícara açúcar 
1 ovo
1 ⅓ xícara farinha de trigo
½ colher (chá) fermento em pó
pitada de sal
¾ xícara chocalate picado (usei ao leite)
½ xícara cranberries secas

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Forre duas assadeiras com papel manteiga e reserve. Numa tigela grande coloque a manteiga e os açúcares e mexa com uma colher até a mistura ficar macia. Em seguida junte o ovo e misture novamente. Peneire a farinha e fermento em pó sobre a tigela, adicione o sal, e mexa até a massa incorporar quase completamente. Junte o chocolate e cranberry. Faça bolinhas com a massa - se necessário molhe as mãos levemente - coloque na assadeira, deixando um pouco de espaço entre elas e leve ao forno por 12-15 minutos, ou até os cookies ficarem dourados e levemente escuros nas bordas. Deixe esfriar sobre uma gradinha. Guarde em pote fechado.

7.2.18

sloppy joes (outra receita)


Por mais que eu goste do resultado de uma receita, se há outra versão disponível certamente vou preparar. Se o resultado não agradar, serve como teste, se eu gostar serve como incentivo para procurar uma terceira (ou quarta, ou quinta...) versão, além de acumular boas receitas. Tenho outra receita de Sloppy Joes aqui, mas queria fazer o prato e me faltava cogumelos. Fiz esta que trago hoje, achei mais saborosa e o toque de cravo moído deixa um sabor (e aroma!) muito especial, com o tempo de cozimento o aroma característico do cravo desaparece e se combina muito bem aos demais ingredientes. Sabe aquela comida que a gente sente que tem algo a mais e não sabe dizer o que é? O cravo faz isso. Reproduzo novamente a receita do slaw, que casa muito bem com o pão, queijo e a carne moída. Receita do Sloppy Joes do livro Saveur: The New Classics Cookbook, e do slaw do Mincespiration!

sloppy joes
2 colheres (sopa) manteiga
1 cebola pequena, picadinha
1 pimentão verde pequeno, picadadinho (usei o vermelho)
500g carne moída
1 xícara ketchup
2 colheres (sopa) mostarda (usei de Dijon)
1 colher (sopa) vinagre de vinho branco
1 colher (sopa) açúcar
½ colher (chá) cravo moído
sal e pimenta-do-reino

Numa panela grande derreta a manteiga, junte a cebola e pimentão e refogue por uns 15 minutos, até amolecer bem, não deixe a cebola queimar. Em seguida junte a carne moída e cozinhe até a carne dourar, mexendo sempre, por uns 6-8 minutos. Por fim coloque o ketchup, mostarda, vinagre e cravo, misture bem, reduza o fogo para o mínimo, tampe a panela e deixe cozinhar - mexendo de vez em quando - por uns 20-30 minutos, até o molho ficar escuro e grosso. Tempere com sal e pimenta. Sirva sobre pães de hamburger, com uma fatia fina de queijo e esta saladinha, receita a seguir.
rende: 6 porções.

coleslaw:
½ repolho vermelho pequeno, picado finamente
1 cebola roxa pequena, picadinha em meia-lua
1 cenoura pequena, ralada
2 colheres (sopa) salsinha picada
4 colheres (sopa) maionese
sal, pimenta-do-reino
Misture o repolho, cebola, cenoura e salsinha, tempere com sal e pimenta. Em seguida junte a maionese, aos poucos, e misture bem.

15.1.18

crumble de cereja com amêndoa


Final do ano comprei mais cerejas do que conseguiria comer (sério, e eu amo cerejas!), e depois de mais de um quilo comido in natura já era hora de arrumar outro destino para estas frutinhas que só encontrarei novamente no fim de ano. Fiz este crumble sensacional, e com um pouquinho que restou preparei uma compota. Receita do Nigel Slater, Kitchen Diaries II.

crumble de cereja com amêndoa
750g cerejas
4 colheres (sopa) água
4 colheres (sopa) açúcar
1 colher (chá) amido de milho
suco de ½ limão

crumble:
1 xícara farinha de trigo
6 colheres (sopa) manteiga, gelada e cortada em cubos
4 colheres (sopa) açúcar demerara
¼ xícara farinha de amêndoa
2 colheres (sopa) amêndoas lascadas

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Lave as cerejas, retire os cabinhos e os caroços. Coloque-as numa panela com água e açúcar e deixe cozinhar, em fogo baixo, por 10 minutos. Coloque o amido de milho num copinho e retire cerca de 2 colheres de sopa do líquido do cozimento das cerejas e dissolva o amido. Despeje na panela, mexendo sempre até engrossar um pouco. Desligue o fogo, junte o suco de limão e coloque as cerejas num refratário previamente untado.
Para a farofinha, misture a farinha com a manteiga e misture com as pontas dos dedos até formar uma farofa úmida, lembre-se de deixar alguns pedaços de manteiga um pouco maiores. Junte o açúcar e a farinha de amêndoa. Coloque por cima das cerejas e por último, salpique as amêndoas lascadas. Leve ao forno por 35-40 minutos, ou até o crumble dourar levemente.
serve: 4 porções.