17.12.09

biscoitinhos de chocolate e morango



Quando vi estes biscoitinhos achei que teria que esperar até o ano que vem, na época de morangos, para experimentar. Mas os morangos são facilmente encontrados às vésperas do verão. Será que agora não existe mais "época de morangos" e teremos o ano todo, como as laranjas? Tá certo que estes não estão exatamente doces e macios, como estão em agosto, mas serviram para matar a vontade de fazer estes biscoitinhos que são uma espécie de mini cheesecake. São deliciosos, o biscoitinho é bem macio, vale a pena fazê-lo mesmo sem os recheios, que são perecíveis. Daqui.

3/4 xícara farinha de trigo
1/4 xícara cacau em pó
1/4 colher (chá) sal
56g chocolate meio-amargo, picado
100g manteiga sem sal, temperatura ambiente
1/4 xícara + 6 1/2 colheres (chá) açúcar granulado (doçucar)
1 gema grande
1/2 colher (chá) extrato de baunilha
110g cream cheese, temperatura ambiente*
2 colheres (sopa) açúcar de confeiteiro
110g morangos, sem os cabinhos e bem picadinhos

Numa tigela, peneire e misture a farinha, cacau e sal. Derreta o chocolate em banho-maria, deixe esfriar e reserve. Na batedeira coloque 1/4 xícara do açúcar granulado + manteiga e bata em velocidade média até ficar um creme fofo e claro. Misture a gema, baunilha e chocolate. Reduza para a velocidade baixa. Adicione a mistura de farinha, bata somente para incorporar. Cubra a massa e leve à geladeira por 1 hora. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Coloque 6 colheres (chá) do açúcar granulado numa tigela pequena. Com a massa faça bolinhas de 2cm e passe-as no açúcar. Coloque em assadeira forrada com papel manteiga, deixando uns 3 cm de espaço entre as bolinhas. Com o cabo de uma faquinha, ou colher de pau, aperte o centro de cada bolinha, formando uma cavidade. Asse por 10min, retire do forno, e pressione novamente a massa, dessa vez alargando a "cratera" formada. Volte ao forno por mais 5 min, ou até que os biscoitinhos estejam assados. Deixe esfriar completamente. Numa tigela, misture o cream cheese com o açúcar de confeiteiro. Polvilhe 1/2 colher (chá) do açúcar granulado sobre os morangos picadinhos. Coloque a mistura de cream cheese em cada cratera dos biscoitos, e o morango por cima.
Rendimento: cerca de 3 dúzias, o meu rendeu 31 biscoitinhos.
*a quantidade pedida de cream cheese e morangos é um exagero, metade é mais que suficiente.

15.12.09

muffin de laranja e papoula

Desde que soube que a produção das sementes de papoula está proibida no país, fiquei muito mais parcimoniosa no uso das sementinhas, pois só tinha meio vidro. Eis que arrumando minha prateleira de temperos, descubro que seu prazo de validade está prestes a expirar, e para não perder o pouco que tenho, procurei alguma receita para usá-la, e gostei bastante destes muffins. A massa é bem saborosa, e mesmo sem a papoula, talvez fique bom com nozes moídas, pois acho as nozes bem parecidas com o sabor da papoula.

Update: Pelo que soube, a proibição é referente à produção da papoula (por causa do ópio), a importação está liberada, mas parece que há tanta burocracia que muitas empresas deixaram de importar. Procurando por aí, encontrei neste site papoula para vender, tudo bem que é um site de produtos para pássaros, diz que as sementes são esterelizadas, pelo menos tem no estoque.

150g manteiga, temperatura ambiente
200g açúcar
2 ovos
1 xícara iogurte integral
1/4 xícara suco de laranja
1 colher (sopa) raspas de laranja
335g farinha de trigo
2 colheres (sopa) papoula
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
1 colher (chá) sal

Misture manteiga + açúcar e bata até ficar homogêneo. Adicione os ovos, um a um, batendo bem após cada adição. Acrescente o iogurte, suco e raspas. Noutra tigela combine a farinha, papoula, bicarbonato e sal. Acrescente esta mistura seca à outra, e misture tudo, mas não bata demais, senão os muffins ficam duros. Coloque em forminhas e leve ao forno pré-aquecido até dourar.
Para não variar, fiz meia receita acima, e rendeu 9 muffins.

10.12.09

biscoitinhos pacman


Só joguei videogame na infância, e quem tem por volta de 30 anos sabe que o videogame da época era o Atari. Os jogos vinham no formato de um cartucho que a gente espetava no aparelho e jogava até quebrar o joystick, trocava os jogos com as outras crianças da vizinhança. Depois de um tempo meu irmão quebrou o aparelho, quando cursava eletrônica no colegial, anos mais tarde ele me compensou com um disquete com todos os jogos de Atari, para jogar no computador, mas coordenação motora nunca foi meu forte, e não tinha o joystick, então desisti de jogar. Atualmente aqui em casa figuram dois games desses mais modernos e o máximo de interação que eu tenho com eles é tirar a poeira (também me falta coordenação para mexer com todos aqueles botões). Daí que senti saudade do Pacman quando vi estes cookies do Snack or Die, e resolvi fazê-los, lá tem o passo-a-passo. Como não tenho cortador de fantasma, nem sei se tem para vender por aqui, eu risquei na faquinha mesmo. A massa é do meu caderninho, uso há vários anos e sempre dá certo, o que me deixa com preguiça de testar outras massas de sugar cookies. Para a brincadeira ser completa, eu queria retirar as assadeiras do forno com esta luva =D



massa
75g manteiga, pode ser gelada
125g farinha de trigo, peneirada
50g açúcar
1 gema
1 colher (café) fermento em pó
1 colher (café) essência de amêndoa (ou baunilha)

Misture a manteiga, farinha e açúcar, até obter uma farofa. Acrescente a gema, fermento e essência, e misture até a massa ficar homogênea. Enrole a massa em filme plástico e leve à geladeira por 30min (mais ou menos tempo, depende da temperatura do dia). Abra a massa com um rolo, aproximadamente 0,5cm de espessura, sobre uma superfície enfarinhada, e use os cortadores. Leve ao forno em assadeira forrada com papel manteiga (papel alumínio também serve), e deixe no forno pré-aquecido a 180ºC, até dourar. Deixe esfriar na assadeira, e então transfira para uma gradinha até esfriar completamente. Só então empregue o glacê.

glacê real (daqui)
2 1/4 xícara açúcar de confeiteiro, peneirado
7 1/2 colheres (chá) merengue powder
1/4 xícara água

Coloque na batedeira todos os ingredientes, e bata em velocidade baixa por 10min. Pode ser necessário acrescentar mais água. Divida o glacê em potinhos, coloque o corante. Usei saquinhos de plástico, e fiz um furinho para passar o glacê nos biscoitinhos. Passe o glacê no entorno nos biscoitos, depois faça zigue-zagues no interior, e preencha toda a área com o auxílio de um palito de dente. Espere secar antes de guardar em pote hermético.

8.12.09

crumble de aveia com maçã


Esta é uma das sobremesas que comia compulsivamente, mas de repente parei de fazer, e por muito tempo ficou esquecida. Depois que vi outro crumble, relembrei deste, fui correndo para a cozinha, e nem deu tempo de fotografar. Provavelmente os tempos de crumbles semanais não voltarão, mas de vez em quando certamente irei fazê-los para matar a saudade. Coloco a receita tal qual encontrei, mas depois de tantas preparações eu faço a olho, de acordo com meu paladar, normalmente coloco mais uva passa, deixo a farofa mais seca (com metade da manteiga), já fiz com amêndoas e neste tem avelãs.

1 1/2 xícara aveia em flocos
100g manteiga
1 colher (sopa) farinha de trigo
2 colheres (sopa) açúcar mascavo
1 colher (sopa) uva passa
2 colheres (sopa) nozes
4 maçãs (usei gala)
suco de 1/2 limão
manteiga para untar o refratário


Pré-aqueça o forno a 180ºC. Derreta a manteiga no microondas. Numa tigela média, misture a aveia, farinha, açúcar, uvas-passas e nozes. Junte a manteiga derretida, e misture com as pontas dos dedos, formando uma farofa. Reserve. Descasque as maçãs, corte-as ao meio e retire as sementes. Fatie cada metade, formando meias-luas. Coloque numa tigela, regue com o suco de limão e misture bem, para não oxidar. Unte uma forma refratária com manteiga e vá sobrepondo as fatias, todas no mesmo sentido, de modo a formar uma escama. Espalhe a farofa sobre as maçãs e aperte delicadamente. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 10 min. Retire o papal, e deixe assar por mais 5 min, ou até que a crosta de aveia esteja dourada. Sirva quente, morno ou frio.

3.12.09

sorvete de chocolate


No maravilhoso livro do Lebovitz consta que há dois processos básicos para fazer sorvete: o estilo francês, em que é feito um creme com gemas (custard), deixando o sorvete mais macio e cremoso, pois as gemas agem como emulsificante; e o estilo Filadélfia, mais simples, com um sorvete bem mais firme. Depois de ter aprendido a fazer custard direitinho (errei váárias vezes, deixando talhar), decidi experimentar este sorvete, ao estilo Filadélfia, pois ao ler a lista de ingredientes, pensei, é impossível ficar ruim. É um sorvete bem denso, mesmo meio derretido ainda fica firme, mas é bom usar chocolate amargo, creio que o meio-amargo deixará muito doce. Só tenho mais uma coisa a dizer: se de alguma forma sorvete de chocolate é importante para você, não deixe de fazer!

560ml creme de leite*
50g cacau em pó
200g açúcar
pitada de sal
170g chocolate amargo (usei 72% cacau), picado
250ml leite integral
1 colher (chá) baunilha

Numa panela grande, misture o creme de leite, cacau, açúcar e sal. Aqueça a mistura, mexendo sempre, até abrir fervura e ficar espumoso. Retire do fogo e coloque o chocolate picado, mexa até derreter completamente, misture o leite e a baunilha. Coloque a mistura no liquidificador por 30 segundos, ou até ficar bem cremosa. Leve à geladeira por algumas horas, então passe a mistura na sorveteira de acordo com as instruções do fabricante. Leve ao freezer em pote hermético.
*Não queria comprar duas garrafinhas de creme de leite para esta receita, vi que tinha a marca Salute com 550ml, nunca tinha usado e foi uma grata surpresa, pois foi o melhor creme de leite que já experimentei.

1.12.09

muffin de blueberry com calda de limão


Mais um muffin! Este eu fiz porque comprei mirtilo fresco, mas não gostei dele para comer puro, estava azedo. E como ainda procuro uma receita definitiva de muffins de mirtilo, resolvi testar esta. Diria que a procura terminou, porque eles são ótimos, super macio, e a calda de limão deixa meio molhadinho; mas sei que se daqui um tempo me deparar com outra receita, também vou querer preparar. Por enquanto é o muffin definitivo. Mais uma receita do Baking Unplugged.

2 3/4 xícara farinha de trigo
1 colher (sopa) fermento em pó
1/2 colher (chá) bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) sal
3/4 xícara manteiga sem sal, amolecida
1 xícara açúcar
raspas de 1 limão
2 ovos grandes, temperatura ambiente
1/4 xícara água
1/2 colher (chá) extrato de baunilha (opcional)
1 xícara iogurte integral (não use desnatado)
1 1/2 a 2 xícaras de blueberries

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Numa tigela média, misture a farinha, fermento, bicarbonato e sal. Noutra tigela, misture a manteiga, açúcar e raspas, bata até ficar macio, por uns 2 min. Adicione então os ovos, um a um, e misture bem. Coloque a água e baunilha, aqui a mistura ficará um pouco talhada. Acrescente metade da mistura da farinha, misture, e então coloque o iogurte, mexa, e mais a outra metade de farinha. Despeje os mirtilos na massa, e mexa delicadamente com uma espátula de silicone. Divida a massa entre as forminhas, até quase encher. Leve ao forno até passar no teste do palito. Deixe esfriar nas forminhas por 2-3 min, então transfira os muffins para uma gradinha.
Enquanto isso, faça a calda de limão. Numa panelinha misture 1/4 xícara de sumo de limão e 3 colheres (sopa) de açúcar, leve ao fogo até o açúcar dissolver, mexendo bem. Despeje a calda sobre os muffins ainda mornos. Pode ser necessário furar com um palito os muffins para a calda penetrar sem escorrer para fora das forminhas de papel.
Fiz meia receita acima, e obtive 11 muffins.

26.11.09

cinnamon rolls




Tenho uma lista de receitas para fazer com mais ou menos 10 itens, tento não aumenta-la sem antes preparar pelo menos metade do que contém nela. Mas por algum motivo, uma receita aparece e passa na frente de todas as outras, e já nem sei se a vontade maior é de preparar ou de comer, o que no fim das contas não faz muita diferença, porque me diverti com as duas atividades! Esta massa é super fácil de sovar, fica macia e levemente crocante no dia seguinte (ao contrário dos pães ressecados), tudo fica doce na medida. Na próxima vez que fizer - e com certeza haverá próxima vez - colocarei numa forma maior, mesmo que seja retangular, para as fatias terem espaço para crescer e ficarem redondinhas. Receita do Baking Unplugged.

massa:
3 xícaras farinha de trigo (dividida)
7g fermento instantâneo seco (aquele envelopinho de 10g)
1 xícara água morna (46ºC)
50g manteiga sem sal, derretida
3 colheres (sopa) açúcar
11/4 colher (chá) sal

recheio:
3 colheres (sopa) manteiga sem sal, amolecida
1/3 xícara açúcar mascavo
2 colheres (chá) canela em pó

cobertura:
3 colheres (sopa) cream cheese, temperatura ambiente
1 colher (chá) baunilha
1 xícara açúcar de confeiteiro, peneirado

Comece pela massa. Numa tigela média, combine metade da farinha + fermento. Coloque a água morna e mexa até ficar tudo misturado. Cubra a tigela, e deixe descansando num lugar morno por 30min. Misture a manteiga derretida, açúcar e sal nesta massa esponjosa. Aos poucos, coloque a farinha restante até deixar a massa homogênea e sem grudar nas mãos. Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada e sove por 10min. Mais uma vez, cubra a massa com filme plástico e deixe naquele lugar morno por mais 30min, ou até dobrar o volume.
Agora o recheio. Passado tempo, retire o ar da massa, e com ela abra um retângulo de 36x28cm. Espalhe sobre este retângulo a manteiga, e polvilhe o açúcar + canela, já previamente combinados. Enrole a massa no sentido do comprimento, de modo que o lado aberto fique virado para baixo. Com uma faca serrilhada corte 1cm das extremidades. Depois corte a tora de massa em 3 pedaços, e em seguida, corte cada terço em mais 3 pedaços. Coloque todas as fatias numa forma quadrada de 20cm, untada com manteiga, cubra com o filme plástico e deixe descansar no mesmo lugar morno por mais 30min, ou até que dobre de volume. Leve para assar, forno pré-aquecido em 190ºC, por 24 - 28 min, ou até que esteja dourado.
Finalmente prepare a cobertura. Numa tigela pequena, bata o cream cheese e a baunilha até ficar cremoso. Aos poucos, adicione o açúcar de confeiteiro e vá batendo com o fouet, até não restar mais nenhum "gruminho" (eu sei que esta palavra não existe no dicionário, mas não consigo encontrar outra tão perfeita). Espalhe sobre os rolinhos assados e ainda quentes.
rendimento: 9 rolinhos.

24.11.09

muffin de cappuccino do William Shatner


Cappuccino nem é a minha bebida preferida, antes prefiro café puro e leite com chocolate. No entanto, cismei que muffin de cappuccino poderia ser bom, a primeira experiência rendeu um bolinho ok, sem grandes emoções, nem repetições. Daí procurava uma receita que superasse a outra e achei esta; tenho que admitir que ver o nome do William Shatner chamou minha atenção, e vendo a forma rotunda que ele expõe por aí, apostei que o muffin poderia ser bom. Não é apenas bom, é ótimo, delicioso, um dos melhores muffins que já comi, a presença da canela certamente fez grande diferença. Receita com repetições marcadas!


2 xícaras farinha de trigo
1/2 xícara açúcar
2 1/2 colheres (chá) fermento em pó
2 colheres (chá) café solúvel
1/2 colher (chá) canela em pó
1/2 colher (chá) sal
1 ovo grande, temperatura ambiente
1 xícara leite, temp.amb.
1/2 xícara manteiga, derretida e fria
1 colher (chá) baunilha
3/4 xícara chocolate blend, em pedaços

Numa tigela grande passe pela peneira e misture a farinha, açúcar, fermento, café solúvel, canela e sal. Numa tigela média coloque o ovo ligeiramente batido, misture o leite, manteiga e baunilha. Combine as duas misturas. Por último, coloque os pedaços de chocolate. Disponha a massa em forminhas e leve ao forno pré-aquecido, por 20-30min.
Fiz meia receita e rendeu 7 bolinhos.
*Ultimamente acumulei um monte de receitas para postar, tentarei colocá-las sempre às terças e quintas, acho que engessei o blog com as 5ªfeiras...

19.11.09

angel food cake


Devida a alta produção de sorvete, tenho um bom estoque de claras congeladas, mas nem sempre sei o que fazer com elas (normalmente dou para minha mãe que gosta de fazer baba-de-moça, mas parece que ela não agüenta comer mais, de tanta clara que forneço!). Daí fiquei um bom tempo de olho neste bolo, com sua textura hiper macia, mas que parecia cheio de segredos e detalhes para dar certo, principalmente por ser imperativo o uso da forma que leva o nome do bolo. Claro que eu só tenho uma forma com furo no meio, normal, sem pezinhos, sem cone de apoio, sem fundo removível. Decidi que iria forrar o fundo da forma com papel manteiga (pois a forma não pode ser untada), e para deixar o bolo virado para baixo depois de assado iria equilibrar a forma sobre uma garrafa, como vi aqui. E fui para a cozinha sem muita expectativa que o bolo daria certo, achando que iria murchar assim que saísse do forno, mas acho que exatamente por achar que daria tudo errado, fiz com mais atenção... e deu certo!
daqui


12 claras
1 colher (chá) cremor de tártaro
1 1/4 xícara açúcar
1 colher (chá) baunilha
1 xícara farinha de trigo

Pré-aqueça o forno em 190ºC. Forre o fundo de uma forma de buraco no meio com papel manteiga, não unte as laterais. Na batedeira coloque as claras (temperatura ambiente) e o cremor de tártaro, bata até formar picos suaves. Adicione 3/4 xícara do açúcar, colocando 2 colheres de cada vez, batendo bem a cada adição. Continue batendo até ficar um suspiro. Adicione a baunilha. Peneire duas vezes o açúcar restante e a farinha, peneire pela terceira vez sobre o suspiro, e bata somente para misturar. Coloque na forma, nivele a massa e leve ao forno até dourar (50-60min), faça o teste do palito para ter certeza. Retire do forno, e coloque imediatamente a forma virada para baixo, deixe assim até esfriar. Quando estiver frio, passe uma faca pelas laterais da forma, para desgrudar e desenforme.
No livro é sugerido uma corbertura de chocolate, eu preferi fazer um glacê simples de limão, ficou bom.
Tinha somente 8 claras, portanto, fiz 2/3 da receita acima, e se acomodou perfeitamente numa forma redonda de 20cm.

sorvete de uva


Desde que vi este sorvete aqui e depois aqui, fiquei com vontade de experimentar. Não conhecia este tipo de uva, depois passei a prestar atenção, e quase sempre via no mercado. O sorvete é delicioso, com uma consistência bem macia, mas ficou doce demais para o meu paladar, da próxima vez é melhor experimentar o suco da uva primeiro, e depois preparar a calda de açúcar.

400g uva Isabel
2/3 xícara açúcar
1/2 xícara água
1/4 xícara de creme de leite fresco

Numa panelinha, leve ao fogo água + açúcar, até que o açúcar se dissolva. Reserve numa tigela grande. Se não tiver um utensílio melhor, corte cada uva ao meio, retire a semente, e bata tudo no liquidificador. Passe o suco pela peneira diretamente sobre a calda reservada, misture bem e adicione o creme de leite batido firme. Misture tudo delicadamente. Leve à geladeira por algumas horas, e depois coloque na sorveteira. Leve ao freezer em pote hermético.

12.11.09

chocolate fudge cookies


Estou desapontada com o Amazon - como se uma empresa desse porte se importasse com o desapontamento de uma cliente. Minha encomenda ainda não chegou e está atrasada há 10 dias (na verdade não sei se a responsabilidade pelo atraso é da DHL ou da ECT, pois não sei quem faz a entrega no Brasil, e desde a compra não pude rastrear o pedido, sequer sei quando saiu do EUA). Para compensar, o outro livro que foi encomendado junto, chegou há quase 1 mês, mas infelizmente não era o que estava esperando com mais ansiedade. Entretanto, gostei da idéia do livro, somente com receitas que dispensam o uso de aparelhos elétricos; sempre que possível evito pegar a batedeira do armário, além de fazer barulho, acho que faz mais sujeira. Para estes cookies basta uma única tigela, são deliciosos, desmancham na boca, têm quase a consistência de um bolinho de tão macios. E ficam ainda melhores no dia seguinte!

1/2 xícara manteiga sem sal
200g chocolate meio-amargo, picado
1 xícara açúcar mascavo
2 ovos grandes
1 colher (chá) baunilha
1/4 colher (chá) sal
1 xícara farinha de trigo
1/4 xícara cacau em pó
1 colher (chá) fermento em pó

Pré-aqueça o forno em 180ºC. Numa panelinha, derreta a manteiga e adicione o chocolate picado, derreta tudo. Transfira a mistura numa tigela grande e deixe esfriar por 5 min. Então adicione o açúcar e bata com um fouet por 1 a 2 min, até deixar o creme liso. Gradualmente misture os ovos, baunilha e sal até ficar fofo e cremoso. Adicione a farinha, cacau e fermento e mexa somente para incorporar. Numa assadeira forrada com papel manteiga, coloque colheradas da massa (usei colher de sobremesa), deixando uns 3 cm de espaço. Leve ao forno por 10 -12 min, ou até o cookie ficar estufado, não deixe assar demais, pois ficará ressecado. Deixe esfriar na forma por alguns minutos, depois, delicadamente, transfira para uma gradinha até esfriar completamente.
A receita indica que rende 24 cookies, feitos com 1 1/2 colher de sopa. Eu fiz meia receita, e obtive 18 cookies usando colher de sobremesa.

5.11.09

sorbet de limão


Com o calor dantesco dos últimos dias, logo pensei em me refrescar com sorbet. Este é bem simples, uma limonada congelada, e ótimo consolo para o calor.
daqui

560ml de água
150g açúcar
raspas de 1 limão
3/4 xícara (180ml) suco de limão
90ml de champagne (opcional e não coloquei)

Numa panelinha leve para aquecer o açúcar, 250ml de água e as raspas do limão. Mexa bem para dissolver o açúcar, uma vez dissolvido, desligue o fogo e adicione a água restante (310ml) - pode colocar água gelada, se quiser apressar seu sorbet. Leve à geladeira por algumas horas. Coloque o suco de limão (e a champagne opcional), misture bem e leve à sorveteira.

pudim de canela


Esta semana só teve desastres na cozinha, naqueles dias que nada dá certo. Algumas coisas foram salvas, ficaram feias, mas não tiveram o sabor comprometido. O game over pra mim foi ontem, quando joguei fora duas fornadas de biscoitos. Acho melhor dar um tempo na cozinha, quem sabe na semana que vem as coisas voltam a dar certo. Este pudim tem um tempo que fiz, aceitei uma das sugestões do La Cucinetta e coloquei canela em pau, ficou com gostinho de arroz doce, e em outro 1/3 de receita, coloquei um pouco de chocolate amargo picado, ambos ficaram muitos bons, nesta base de pudim dá para fazer muita coisa.

1/2 xícara creme de leite fresco
1/2 xícara leite
1/6 (35g) xícara de açúcar
1 colher (sopa) rasa de amido de milho
pitadinha de sal
2 canelas em pau

Coloque numa panelinha o leite, creme de leite e a canela, leve ao fogo médio até abrir frevura, desligue o fogo e deixe em infusão por mais ou menos 20 min. Noutra penelinha, coloque o açúcar, amido e sal, junte a esta mistura cerca de 1/3 do leite aquecido e misture bem. Junte o leite restante e leve ao fogo (médio-baixo) novamente, mexendo sempre, até que engrosse. Abaixe o fogo, e deixe cozinhar por mais 1 min. Coloque o pudim em dois ramequins, cubra com filme plástico.

29.10.09

bolo de chocolate


Na verdade não tenho opinião formada sobre a Nigella, vi quase todos os programas que passaram no GNT. Acho graça das caras e bocas que ela faz enquanto prepara os pratos (assim como acho forçado os "huummm" que as pessoas fazem ao provar os pratos nos programas de TV, ninguém faz isso no mundo real, não as pessoas ao meu redor). Algumas receitas dela me deixaram "desconfortável", como aquela antológica do chocolate frito, aliás, todo aquele episódio, o Trashy, me embrulhou o estômago. Felizmente a maioria me deixa com vontade de experimentar, como este bolo de chocolate, que dá vontade de comer só o recheio, apesar de toda a manteiga.
levemente adaptado

(chocolate fudge cake)
massa
400g farinha de trigo
250g açúcar
100g açúcar mascavo
50g cacau em pó
2 colheres (chá) fermento em pó
1colher (chá) bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) sal
3 ovos
142ml creme de leite
1 colher (sopa) extrato de baunilha
175g manteiga sem sal, derretida e fria
125ml óleo de milho
300ml água gelada

recheio
175g chocolate meio-amargo
250g manteiga sem sal, temperatura ambiente
275g açúcar de confeiteiro, peneirado
1 colher (sopa) extrato de baunilha

Para a massa, unte duas formas redondas de 20 cm, e forre o fundo com papel manteiga. Numa tigela grande, misture farinha, açúcares, cacau, fermento, bicarbonato e sal. Noutra tigela coloque os ovos, baunilha, creme de leite e mexa até incorporar tudo. Na batedeira, bata a manteiga derretida e o óleo até ficar homogêneo, então adicione a água gelada. Adicione os ingredientes secos e bata em velocidade baixa. Em seguida, adicione a mistura de ovos e misture bem. Coloque a massa nas formas preparadas, e leve ao forno até passar no teste do palito. Deixe esfriar na forma por 15 min, e depois desenforme, e deixe esfriar completamente.
Para o recheio, derreta o chocolate no microondas, ou em banho-maria. Bata a manteiga na batedeira até ficar bem cremosa, adicione aos poucos o açúcar de confeiteiro e bata até ficar mais cremoso e fofo. Coloque o chocolate derretido (que deverá ter esfriado um pouco) e a baunilha, misture bem. Recheie o bolo com mais ou menos 1/4 do creme, e use o restante para a cobertura, espalhe com o auxílio de uma espátula.
Fiz meia receita da massa, e 2/3 do recheio. Como podem ver, não sou muito habilidosa para cortar bolos...

enroladinho de salsicha


Muitas vezes não gosto de jogar fora comida, acho que tem a ver com a minha mãe que faz isso sem muito peso na consciência, e sempre achei estranho. Estes enroladinhos foram escolhidos para acabar com umas salsichas que estavam perto do prazo de vencimento. A receita tirei do calendário que vem encartado na revista da Nestlé, que fica minha cozinha e tem fotos lindas.

15g fermento biológico fresco (ou 1½ colher de chá do seco)
½ xícara de leite
1 colher (sopa) açúcar
1 colher (sopa) de Fondor (não tinha, então usei apenas sal com pimenta branca moída na hora)
3 colheres (sopa) manteiga
1 ovo
3 xícaras farinha de trigo
8 salsichas cortadas ao meio e cozidas
1 gema para pincelar

Numa tigela dilua o fermento no leite. Junte o açúcar, Fondor, manteiga e ovo. Coloque a farinha aos poucos, e misture até obter uma massa homogênea (talvez não seja necessária toda a medida de farinha). Sove a massa por 5 a 10 minutos, cubra e deixe descansar por 1 hora.Retire o ar da massa, e divida em 16 pequenas bolas de massa, e abra sobre a palma da mão, coloque uma salsicha no centro e enrole. Pincele com a gema, coloque na assadeira forrada com papel alumínio, e leve ao forno pré-aquecido a 200C até dourar.

22.10.09

pudim de limão


É uma quinta-feira cítrica! Pena que estou temporariamente recomendada a não comer nada ácido, e o último pudim acabou ontem. Ficam duas camadas, em cima parece um bolo, e no final do pote fica um creme molinho, parece um mingau. Eu preferi comer aquecido, já o marido achou melhor gelado, mas é bom de todo jeito.
daqui

1 xícara açúcar
1 1/2 xícara buttermilk
1/3 xícara farinha de trigo
1/2 xícara sumo de limão tahiti
4 ovos, separados, temperatura ambiente
pitada de sal
raspas de 2 limões

Misture numa tigela açúcar + farinha, reserve. Noutra tigela, coloque o buttermilk, gemas, sumo e raspas de limão e misture até ficar homogêneo. Junte as duas misturas. Batas as claras em neve, e junte delicadamente à misura anterior. Distribua entre tacinhas, e leve ao forno, dentro de uma assadeira com água até 3/4 da altura das tacinhas (banho-maria). Asse em forno pré-aquecido (180°C ), até dourar, o que no meu forno levou 1 hora para acontecer. Sirva morno. Você pode guardar na geladeira por até 3 dias, e aquecer no microondas.
Fiz meia receita e obtive 6 ramequins com capacidade para 1/2 xícara.

tortinhas de limão siciliano


Simplesmente adorei este livro, tenho vontade de fazer quase tudo que contém nele, até agora nenhuma receita decepcionou. Essa tortinha é muito boa, fica bem azedinha, a massa não é doce e super fácil de fazer.

massa:
2 xícaras farinha de trigo
3 colheres (sopa) açúcar
150g manteiga gelada, em cubinhos
2-3 colheres (sopa) água gelada

Misture a farinha, açúcar e manteiga e amasse bem, coloque a água gelada aos poucos, o suficiente para a massa ficar macia. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 30min. Para as tortinhas, abra a massa aos poucos (3mm), sobre uma superfície enfarinhada, forre a forminha, e fure com um garfo. Leve ao forno pré-aquecido por 15-20min, ou até dourar. No livro é sugerido usar arroz (ou feijão) cru sobre a massa, para esta não levantar, eu prefiro furar a massa, e fico de olho, se levantar bolhas, passo as costas de uma colher para assentar a massa.

recheio:
3/4 xícara suco de limão
3/4 xícara açúcar
3/4 xícara creme de leite fresco
3 ovos, ligeiramente batidos

Coloque o suco de limão + açúcar numa tigela, e leve em banho-maria, mexendo sempre. Quando o açúcar se dissolver, coloque o creme de leite e os ovos, sem parar de mexer, por 5 minutos. Passe a mistura pela peneira, que estará bem líquida. Com uma colher, preencha as forminhas com a mistura, e leve ao forno por 20-25min, ou até que o recheio esteja opaco.
Fiz meia receita da massa e do recheio, obtive 6 tortinhas de 9cm. Se quiser, esta receita se acomoda numa forma redonda de 22cm.

15.10.09

sorvete de maracujá


Procurando limões sicilianos no mercado, avistei outra fruta amarela, e pensei, por que não sorvete? Já fiz outra receita, no início da "era da sorveteira", mas este é incomparavelmente melhor.
daqui

125ml polpa de maracujá (aproximadamente 3 maracujás grandes)
250ml creme de leite fresco
90ml leite integral
85g açúcar
pitada de sal
3 gemas grandes
raspas de 1 laranja pequena (opcional, não coloquei)
1 colher cheia de sementes de maracujá (opcional, coloquei)

Retire a polpa do maracujá e misture com 125ml do creme de leite numa tigela grande. Reserve. Numa panela aqueça o leite, creme de leite restante, açúcar e a pitada de sal. Numa outra tigela, bata ligeiramente as gemas. Assim que a mistura do leite estiver aquecida, derrame lentamente sobre as gemas, misturando bem. Devolva a mistura à panela, e em fogo baixo, mexa sempre, sem deixar ferver, até a mistura engrossar, de modo que cubra as costas de uma espátula. Retire do fogo e passe por uma peneira, diretamente sobre a tigela que está a mistura de maracujá. Mexa bem, cubra, deixe esfriar por 30min, e então leve à geladeira por 2-3 horas. Coloque a mistura na sorveteira, e prepare conforme instruções do fabricante. Quando o sorvete estiver quase pronto, acrescente as sementes de maracujá. Coloque em pote hermético e leve ao freezer.
rende 750 ml.

bolo de laranja, amêndoas e lavanda


Estava curiosa para conhecer a lavanda (acho linda esta palavra, rs), mas estava com receio de um primeiro encontro a sós, queria outros ingredientes para mediar o encontro. Procura receita aqui, ali, achei esta do TremBom, tem laranja e amêndoas, assim, a lavanda estaria em boa companhia, e não corria o risco de me assustar com ela, e assim, ficar parada na minha despensa. Foi um primeiro encontro muito bem-sucedido, marcamos de nos encontrarmos outras vezes!

4 colheres (chá) lavanda
4 ovos
250g açúcar
250g manteiga
200g farinha de trigo com fermento*
55g amêndoas moídas
2 laranjas, suco e raspas

Primeiro triture a lavanda, com um pilãozinho, e em seguida coloque-a no processador junto com o açúcar e bata até ficar fininho. Coloque este açúcar na batedeira com a manteiga e bata por 5min, ou até ficar um creme claro e fofo. Adicione as raspas, o suco e os ovos ligeiramente batidos. Provavelmente a mistura vai talhar, então acrescente uma colher de sobremesa da farinha. Desligue a batedeira e incorpore a farinha de trigo e misture com uma colher, em seguida, coloque as amêndoas, e por fim, o fermento em pó. Leve ao forno pré-aquecido por 25-30 min em 180ºC. Fiz meia receita, e coube numa forma redonda de 20cm.
*não tinha a farinha com fermento, coloquei 1 1/2 colher (chá) de fermento, para meia receita do bolo.

8.10.09

bolo trufado


A escolha do bolo foi feita pelo marido, que ficou de olho assim que viu o livro pela primeira vez. Fiz para o aniversário da minha cunhada. Acho que não sei mais presentear as pessoas se não for com comida, é a melhor maneira que encontrei para demonstrar afeto =D
massa:
1/2 xícara farinha de trigo
2 colheres (sopa) cacau em pó
1/3 xícara açúcar
4 ovos
80g manteiga, derretida
recheio:
450g chocolate amargo
2 xícaras creme de leite
6 gemas
1/3 xícara de açúcar

Comece pela massa. Peneire a farinha + cacau três vezes e reserve. Na batedeira, bata o açúcar e os ovos por 8-10min, ou até ficar um creme claro e fofo, e triplicar o volume. Cuidadosamente, coloque a mistura de farinha, e então a manteiga. Despeje numa forma redonda de 20cm, untado dos lados, e com o fundo forrada com papel manteiga. Leve ao forno pré-aquecido por 25 min. Enquanto o bolo assa, faça o recheio. Coloque o chocolate picado e o creme de leite numa panela, e sobre o fogo baixo, mexa até derreter, reserve. Leve em banho-maria as gemas e o açúcar, e bata com um fouet por 6 min, ou até engrossar e ficar cremoso. Cuidadosamente, junte a mistura do chocolate à mistura dos ovos e bata por mais 6 min, ou até esfriar. Leve à geladeira por 30 min. Depois que o bolo estiver assado e frio, retire-o da forma, e corte ao meio, horizontalmente, claro. Coloque a metade dentro de um aro de 20cm, e derrame metade do recheio, cubra com a outra metade do bolo, e então despeje o restante do recheio. Leve para gelar por 5 horas. Depois que desenformar, você pode deixar a cobertura e laterais mais lisa, usando uma faca aquecida em água quente, não esqueça de secar a faca antes de passar sobre o bolo.

1.10.09

pudim de chocolate


Para mim o pudim ficou uma versão bastante melhorada daqueles pudins de caixinha, há quem dissesse que se parecia com chandele. Nas próximas vezes usarei leite integral, ao invés da versão semi-desnatada feita aqui, e mudarei o chocolate para o amargo, provavelmente ficará ainda melhor.
daqui

600ml leite
60g chocolate meio-amargo
80g açúcar
4 colheres (sopa) amido de milho
1 pitada de sal
1 pitada de baunilha

Numa tigela coloque o amido de milho, sal e açúcar; adicione o leite aos pouquinhos, misturando bem. Leve ao fogo em banho-maria, mexendo de vez em quando até engrossar um pouco, não tenha pressa, isso vai levar um tempo. Quando engrossar, abaixe o fogo e mexa com um fouet, até ficar com a consistência de um creme suave. Coloque o chocolate picadinho e mexa até que este derreta. Passe por uma peneira fina e coloque em potinhos individuais. Leve à geladeira por pelo menos 1 hora antes de servir.
Fiz meia receita e rendeu 3 ramequins.

muffin de cappuccino


Tenhos duas receitas de muffin de cappuccino para testar, decidi fazer esta primeiro, que estava anotada há muito tempo num dos meus cadernos, certamente peguei na internet, mas na época nem passava pela cabeça ter um blog de culinária, então, não me preocupei em anotar a fonte (coisa que faço atualmente). Na maioria das vezes, a receita é manuscrita para algum dos meus vários caderninhos, adoro escrever a mão, e depois sempre faço alguma anotação posterior, como quantidades, tempo de forno. Estes muffins são incrivelmente perfumados quando saem do forno, mas o sabor da massa em si é bem suave, quase imperceptível, deve ser por causa do açúcar mascavo. De todo jeito, são bons com chá.

2 colheres (sopa) café solúvel
1 colher (sopa) água quente
2 ovos
1/2 xícara açúcar mascavo
1/2 xícara de creme de leite (usei iogurte)
2 colheres (sopa) leite
50g manteiga derretida
1 1/2 xícara farinha de trigo
1/4 xícara farinha de trigo integral
2 1/2 colheres (chá) fermento em pó
pitada de sal
1/3 xícara chocolate ao leite picado

Misture café + água e dissolva. Bata os ovos e o açúcar com fouet até ficar homogêneo, então adicione o iogurte, leite, manteiga e café, e misture para homogeneizar. Noutra tigela, misture as farinhas, o sal e fermento. Incorpore esta mistura seca à mistura primeira, por último coloque as gotas de chocolate. Disponha em forminhas de muffin, e leve para assar. Faça o teste do palito.
Fiz meia receita acima, e obtive 7 muffins.

24.9.09

muffins de blueberry


Semana devagar na cozinha. Apenas queria matar a vontade de blueberries (ou mirtilos?), faz tempo que não comia, preparei metade da receita a seguir, rendeu 6 muffins, que combinaram bem com chá. Esta receita, de longe, não é a melhor que já preparei de Mrs. Lawson...
6 colheres (sopa) manteiga
1 1/3 xícara farinha de trigo
1/2 colher (chá) bicarbonato de sódio
2 colheres (chá) fermento em pó
1/4 xícara de açúcar
pitada de sal
3/4 xícara + 2 colheres (sopa) de buttermilk OU
1/2 xícara iogurte natural e 7 colheres (sopa) leite desnatado
1 ovo grande
200g blueberries

Derreta a manteiga e deixe esfriar um pouco. Misture todos os ingredientes secos numa tigela. Noutra tigela combine buttermilk, ovos, manteiga derretida. Usando uma colher de pau, combine as duas misturas, sem bater demais, não importa se ficar aqueles "gruminhos" na massa. Adicione as blueberries, e misture somente para incorporar. Coloque a massa em forminhas, leve ao forno sempre pré-aquecido. Asse por 20 min, ou até dourar.
rende 12 muffins

17.9.09

pão de forma e geléia de amoras


Certa vez meu irmão falou que minha casa parece "casa de vó", tem várias comidas caseiras. Por um lado achei que alguém deveria levar o "espírito de vó" adiante na família, mas por outro lado me entristeceu, pois não tenho mais avós para me preparem pães e geléias caseiras...
A receita do pão tirei daqui

300g de água
6g fermento biológico seco
500g da farinha de trigo para pães
12g de sal
18g de açúcar
25g leite desnatado
18g manteiga

Aqueça a água no microondas por 40seg. Separe 6 colheres (sopa) e misture ao fermento, deixe por 15 min. Meça todos os ingredientes, e misture tudo numa tigela. Logo a massa soltará das mãos e sove por 10 mim. Cubra com pano úmido e deixe descansar por 1h30. Polvilhe farinha na bancada e abra a massa, socando para tirar o ar, em formato de retângulo. Dobre a massa em três, como se fosse uma toalha, faça o mesmo do outro lado. Enrole como um rocambole. Coloque a massa numa forma para pão, daquelas com tampa, untada com manteiga, e deixe descansar mais um pouco, de 30 a 40 min, para crescer novamente. Leve ao forno pré-aquecido, em 230°C, por 50 min, aproximadamente.

Ganhei um montão de amoras, antes que elas estragassem esperando até que eu decidisse o quê fazer com elas, resolvi fazer geléia. Gosto de geléia de polpa de fruta (jam ou confiture). Para esta de amora, eu retirei todos os cabinhos (foram colhidas direto do pé), depois de lavadas, passei no liquidificador, com um pouquinho de água, bati bastante, até formar um purê, com as sementes todas trituradas. Depois de batido, peso na balança e coloco açúcar 1:2, uma medida de açúcar, para duas de fruta. Misturo tudo numa panela funda, pois espirra demais, e deixe cozinhar em fogo médio, mexendo de vez em quando, até engrossar, ou até parar de pingar da espátula. Coloque em vidros esterilizados, deixe esfriar, e dura um tempão na geladeira.


bolo de chocolate branco


Sábado à noite, depois que deixei o sorvete de coco com minha mãe, percebi que não havia docinhos em casa. Queria algo fácil, rápido, que não fizesse sujeira, nem barulho, este bolo me impressionou pela facilidade - de fazer e de comer. O bolo fica super macio, é doce na medida. Todos gostaram, inclusive os felinos!
Daqui

185g manteiga picada
1 xícara de leite
1 1/2 xícara de açúcar
150g chocolate branco picado (usei Opereta)
2 xícaras farinha de trigo, peneirada
1 1/2 colher (chá) fermento em pó
1 colher (chá) extrato de baunilha
2 ovos

Pré-aqueça o forno em 160ºC. Numa panelina coloque manteiga, leite, açúcar e chocolate e leve em fogo baixo, mexendo até a manteiga e o chocolate derreterem. Numa tigela grande, coloque a farinha, fermento, baunilha e ovos. Despeje a mistura de chocolate nesta tigela e misture com um fouet até ficar homogêneo. Coloque numa forma redonda de 22cm*, forrada com papel manteiga e leve ao forno por 50 min, ou até passar no teste do palito. Espere esfriar para desenformar, e coloque a cobertura.

Fiz uma cobertura que uso normalmente em bolos de cenoura, não tem muitas medidas. Dessa vez eu medi:
100ml água
100ml leite
2 colheres (sopa) cheias de açúcar
2 colheres (sopa) cacau em pó
1 colher (sopa) manteiga

Coloque numa panelinha e leve tudo ao fogo, mexa de vez em quando, depois de uns 30 min vai engrossar, tire do fogo, bata por uns 3 min , e despeje sobre o bolo, fica uma cobertura mais cremosa, pela adição do leite.

*fiz metade desta receita, e coloquei numa forma redonda de 15cm.

sorvete de coco


Antes que eu pareça "sorvetólatra", explico que este sorvete fiz inteiramente para meus pais, o pote ficou lá na casa deles! Quando era criança tinha certas implicâncias com comidas, simplesmente não ia com a cara, no melhor estilo, "não comi e não gostei". Na época devotava uma profunda aversão por coco, e tudo o que era feito com ele. Demorei um bom tempo para me desfazer de todos meus preconceitos gastronômicos, não chegava perto de um sorvete de coco, e não sabia o que estava perdendo, mas ainda há tempo para recuperar o que passou.
200ml leite de coco
2 xícaras creme de leite fresco
3/4 xícara de açúcar
50g coco em flocos, adoçado

Junte todos os ingredientes e bata no liquidificador. Coloque numa tigela, cubra e leve à geladeira por algumas horas. Coloque a mistura na sorveteira e proceda conforme instruções do fabricante.

10.9.09

sorvete cookies and cream


Adoraria fazer este sorvete com Oreo, mas não sei porque não vende mais por aqui, a última vez que comi foi no ano passado, quando o marido trouxe de viagem, junto com um monte de kit kat, que encontrei hoje para vender aqui, tão caro... Tentando agora sair das divagações, o sorvete é delicioso, no entanto ainda tenho um pouco de dificuldade (leia: falta de atenção) com a custard, e ficou um pouco duro, pois não consegui bater por muito tempo. Nada que 5 minutos a mais fora no freezer não resolvesse.
Daqui.

1 xícara de leite integral
2 xícaras de creme de leite fresco
6 gemas
1/2 xícara açúcar
1 colher (sopa) baunilha
1 pacote de Negresco, picado

Misture o leite + creme de leite numa penela e leve ao fogo, aqueça até bolha se formarem nas bordas. Enquanto isso, na batedeira bata as gemas + açúcar, até formar um creme fofo e claro. Adicione a mistura de leite à gemada, mexendo com um fouet. Volte esta mistura à panela, e ao fogão e cozinhe em fogo médio, mexendo sempre, até engrossar, sem deixar ferver. Passe por uma peneira fina, sobre uma tigela e acrescente a baunilha. Cubra com filme plástico e leve à geladeira. Faça o sorvete conforme instruções do fabricante, quando estiver pronto, acrescente os pedacinhos de biscoito, misturando bem.

biscoitos quadriculados


Este biscoitinho tem um sabor bem simples, pois são poucos os ingredientes, o legal dele é o visual mesmo. Ótimo para brincar de massinha enquanto faz um pouco de "higiene mental".
Daqui.

200g manteiga sem sal
1/2 xícara açúcar
2 1/2 xícara farinha de trigo
1/4 colher (chá) sal
1 colher (chá) extrato de baunilha
1/4 colher (chá) extrato de limão, coloquei umas gotinhas de sumo de limão
3 colheres (sopa) cacau em pó
1 ovo
Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até ficar homogêneo, por uns 2 min. Adicione os extratos de baunilha e limão, e o sal. Bata mais um pouco, em velocidade baixa, e adicione a farinha. Coloque a massa sobre uma superfície limpa, amasse com as mãos até ficar homogêo e desgrudar das mãos. Divida a massa pela metade - usei a balança - e polvilhe o cacau em pó sobre uma das metades. Amasse até incorporar completamente o cacau (aqui minha massa escura ficou muito quebradiça, então coloquei por minha conta alguns pedacinhos de manteiga e amassei junto). Coloque cada metade de massa entre dois pedaços de filme plástico, e usando um rolo, faça um quadrado de 18cm e 1cm de altura, então corte em nove tiras de 2cm cada. Não é tão fácil quanto parece... Agora pegue o ovo e misture uma colher de sopa de água, ele será usado para "colar" as tirinhas de massa. Sobre mais um pedaço de filme plástico, coloque as tiras de massa branca e escura, alternando as cores, a fim de dar o efeito quadriculado, faça três andares de massa, com três tira em cada nível. Serão duas toras de massa, uma com 5 pedaços de massa escura, e outra com mais 5 de massa branca. Embrulhe bem as toras de massa que se formará, e leve ao freezer por 15 min, ou na geladeira por 30 min. Com uma faca afiada, fatie as toras em 0,5 cm, disponha sobre assadeiras forradas com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 15 min. Deixe esfriar uns 2 min na assadeira, e então deixe esfriar completamente nas gradinhas. Guarde em pote hermético.
Rendimento: 50 biscoitinhos

3.9.09

sorvete torta de limão


Queria muito sorvete de limão, e fiquei na dúvida entre este e uma receita do Lebovitz. Escolhi este pela variedade dos ingredientes, achei que ficaria mais saboroso, e não me enganei. Absolutamente delicioso, e o preferido absoluto de uma das gatas :)
Daqui.

curd de limão:
50g manteiga, temperatura ambiente
2 ovos, ligeiramente batidos
60ml suco de limão siciliano (2 limões)
raspas desses 2 limões
106g açúcar

Misture todos os ingredientes e leve ao fogo baixo, mexendo até engrossar. Retire do fogo e passe por uma peneira (para tirar pedaços de clara cozida) para uma tigela, tampe e leve à geladeira.

Enquanto esfria, faça o creme que consiste em:
106g açúcar
300ml creme de leite fresco
240ml leite integral
4 gemas

Misture creme de leite + leite integral e leve ao fogo até ferver. Delisgue o fogo e deixe esfriar. Enquanto esfria, misture as gemas e açúcar e bata até formar um creme claro, como gemada. Na tigela da gemada, verta a mistura de leite, aos poucos, mexendo bem. Volte para a panela, e leve novamente ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar, sem deixar ferver (como eu não fiz). Deixe esfriar um pouco. Misture este creme à curd, leve para gelar por algumas horas. Leve o creme à sorveteira, deixo aproxidamente 40 min batendo. Assim que estiver pronto, transfira para um pote próprio e acrescente 100g de biscoito maisena picadinho. Deixe gelar.

barrinhas de limão


Acontece sempre a mesma história: estou no mercado com minha habitual lista de compras, indispensável para minha memória-de-minhoca, quando vejo algo que não está na lista e logo surge a lembrança de uma receita que deixei de fazer por não ter o ingrediente. Como tenho memória-de-minhoca, claro que não lembro da quantidade, para não ter erro, levo um pouco a mais. Aconteceu na última semana com os limões sicilianos, que estavam o mesmo preço dos limões tahiti (!!). A idéia original era fazer sorvete, mas eu usei apenas 2, e sobraram mais 6. O que fazer? Queria estrear meu livro novo, e esta receita parecia perfeita, pois usaria os limões restantes, e tinha os outros ingredientes em casa. Ficaram muito parecidos com uma torta, colocarei menos açúcar no recheio da próxima vez, e ficam ótimos gelados.
Daqui.

massa:
1/2 xícara açúcar
1 1/4 xícara farinha
120g manteiga
1 colher sopa leite
recheio:
1 1/2 colher sopa amido de milho
2/3 xícara creme de leite
6 ovos
1 3/4 xícara açúcar
1 1/2 raspa de limão siciliano
3/4 xícara suco do limão

Comece pela base, misture todos os ingredientes e amasse até formar uma massa que desgrude das mãos. Forre uma forma 20x30 cm com papel manteiga e disponha a massa sobre ela, deixando nivelada. Leve ao forno pré-aquecido até dourar. Enquanto isso prepare o recheio:
Misture o amido de milho com duas colheres (sopa) do creme de leite, até formar uma pastinha. Feito isso, misture os demais ingredientes numa panela e leve ao fogo, mexa até engrossar, aproximadamente 5 min. Despeje o creme sobre a massa já assada e leve ao forno até o recheio firmar, levou em torno de 40 min. Coloque a assadeira sobre uma gradinha e deixe esfriar bem, desenforme e corte em 24 pedaços.

cookie de aveia e passas


Aqui fiz 3/4 da receita, e misturei aveia flocos finos com aveia de flocos mais grossos, o motivo? Acabou a de flocos finos e completei com a outra. Também dividi a massa, e coloquei numa metade chocolate ao leite picadinho, o motivo? O marido não gosta de passas...

1 1/2 xícara farinha de trigo
1/2 colher (chá) bicarbonato
1/2 colher (chá) fermento em pó
1/2 colher (chá) sal
1/2 colher (chá) canela em pó
75g manteiga, temperatura ambiente
135g açúcar refinado
108g açúcar mascavo
1 1/2 ovo grande (meu ovo tinha 63g, para a metade, bati ligeiramente, e acresci 30g da mistura)
1 colher (chá) baunilha
2 xícaras aveia
1/2 xícara uvas passas
1/2 xícara chocolate ao leite picado

Na batedeira coloque os açúcares, ovo, baunilha e manteiga, bata em velocidade baixa até formar um creme claro. À parte misture a farinha, bicarbonato, fermento, sal e canela. Coloque esta mistura no creme, mexendo com uma espátula, depois de incorporado, adicione a aveia, mexendo para misturar. Divida a massa em duas partes, coloque as passas numa, e o chocolate noutra. Pingue colheradas da massa (usei colher de sobremesa) numa assadeira forrada com papel alumínio. Leve ao forno pré-aquecido, até dourar. Deixe esfriar em gradinhas.*
*Como ainda não comprei a minha gradinha, uso uma grelha do forno, e isso só dá certo com biscoitos com mais de 4 cm. Preciso de gradinhas.
Rendimento aproximado: 40 cookies

27.8.09

biscoitinhos recheados de chocolate


Já fiz estes biscoitinhos três vezes, uma para consumo próprio - e rápido - duas vezes para encomenda. São realmente ótimos, e não dá vontade de parar de comer. Obrigada, Patricia.

175g farinha de trigo
70g açúcar de confeiteiro
113g manteiga, temperatura ambiente
pitada de sal

recheio:
56g chocolate meio amargo, picado
28g manteiga
1 colher (chá) glucose de milho

Coloque na batedeira o açúcar peneirado e a farinha, e bata em velocidade baixa por 3 min. Adicione a farinha, também peneirada, combinada com o sal. Como minha batedeira não é das mais potentes, coloco um terço da farinha, incorporo, e o resto da farinha, misturo com a mão, dentro da tigela (só cabe minha mão direita na tigela). Faça pequenas bolinhas com a massa e disponha numa assadeira coberta por papel alumínio (achei melhor que com o papel manteiga), asse em forno pré-aquecido, 180ºC por 8-10 min. Retire do forno e esmague as bolinhas com o cabo de uma faquinha. Volta para o forno, e asse até dourar.
Assim que os biscoitinhos estiverem assados e frio, faça o recheio. Misture tudo numa tigelinha e leve ao microondas por 40 segundos. Misture tudo muito bem, e deixe esfriar um pouco. Pingue o recheio dentro das covinhas do biscoito, usando uma colher de café. Espere o recheio endurecer.
Rendimento: cerca de 50 biscoitinhos pequenos

bolo de limão siciliano


A foto não é das melhores, mas asseguro que o bolo é delicioso! Daqui.

1/2 xícara de manteiga
1/2 xícara e mais 1 colher (sopa) de açúcar
2 ovos grandes
raspas de 1 limão
1 xícara mais 1 colher (sopa) farinha de trigo com fermento
pitadinha de sal
4 colheres (sopa) leite

calda (xarope):
sumo de 1 1/2 limão (ou 4 colheres de sopa)
1/2 xícara de açúcar de confeiteiro

Pré-aqueça o forno em 180ºC. Para esta receita usei forma de 20 cm diâmetro, untada e enfarinhada. Bata a manteiga e o açúcar, até formar um creme. Adicione os ovos, e as raspas de limão, bata muito bem. Em seguida, adicione a farinha e o sal, misturando delicadamente, e por fim o leite. Coloque o bolo no forno. Enquanto isso, prepare a calda, misture o sumo de limão e o açúcar numa panelinha e mexa até o açúcar dissolver. Depois do bolo assado, e frio, faça furos, muitos furos, e despeje com cuidado a calda. Espere algumas horas antes de servir, a fim de absorver bem a calda.

20.8.09

bolo denso de chocolate


Aliás, acho que deveria mudar de nome para "bolo frágil de chocolate", nunca fiz uma massa tão líquida, quando coloquei na forma pensei, não vai crescer; quando o bolo cresceu e ameaçou cair da forma, pensei, como vou desenformar isso? Decidi não brincar com a sorte, e deixei para desenformar no dia seguinte, mesmo passando vontade, pois o bolo é muito cheiroso. Nesta manhã, ele não me pareceu tão frágil para tirar da forma, e já fez parte do meu café da manhã.
Daqui.

1 xícara de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 2/3 xícara de açúcar mascavo
2 ovos grandes
115g chocolate meio-amargo derretido e frio
1 1/3 xícara de farinha de trigo
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
1 xícara + 2 colheres (sopa) água fervente

Pré-aqueça o forno, e forre uma forma de bolo inglês (22cm) com papel manteiga, passe manteiga na forma antes, para o papel grudar. Na batedeira bata incansavelmente a manteiga com o açúcar, depois acrescente os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Depois adicione o chocolate derretido, misture com cuidado, e não bata demais. Adicione aos poucos a farinha, que deverá estar misturada com o bicarbonato, e alterne com a água fervente. Coloque esta massa assustadoramente líquida na forma, e leve ao forno em 180ºC por aproximadamente 45min, quando fizer o teste do palito, este ainda ficará um pouco úmido. Deixe na forma até esfriar completamente, no livro recomenda deixar até para desenformar no dia seguinte.

cookies de chocolate


Dei sangue por estes cookies! No meu afã por deixar a cozinha em ordem, assim que a primeira assadeira entrou no forno, comecei a lavar as tigelas apressadamente, eis que uma delas escorregou, espatifou dentro da pia e um dos estilhaços cortou a palma da minha mão. Para uma pessoa normal, seria somente o aborrecimento de parar o que estava fazendo, executar o curativo e recolher os cacos; mas como eu sofro de uma certa fobia, o meu procedimento "normal" é ter uma crise de choro/nervosa por medo de encarar o ferimento e fazer o que deve ser feito. Claro que com isso queimei a primeira fornada, no entanto, comer cookies queimadinhos (não gosto) teve um poderoso efeito calmante...
Receita um tantinho adaptada daqui.

2 1/4 xícaras farinha de trigo
200g manteiga, temperatura ambiente
3/4 xícara açúcar refinado
3/4 xícara açúcar mascavo
2 ovos grandes
1 colher (chá) fermento em pó
1 colher (chá) de sal
1 xícara chocolate ao leite + 1 xícara chocolate meio-amargo (todos picadinhos)

Bata a manteiga e os açúcares até ficar cremoso. Adicione os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Incorpore devagar a farinha, sal e fermento, previamente combinados e peneirados, até misturar tudo. Desligue a batedeira e acrescente os chocolates e misture. Numa assadeira forrada com papel manteiga, coloque colheradas da massa - usei colher de sobremesa - deixando uns 2cm de distância entre uma colherada e outra. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C, e asse o tempo todo em forno baixo. Não sei se é pelo fato de ter gás natural, os cookies levaram uma eternidade para assar, muito mais que os 15 min sugeridos na receita.
rendimento aproximado: 50 cookies

13.8.09

sorbet de morango


Queria uma sobremesa simples para um jantar informal, o sorbet parecia perfeito, já fiz de abacaxi e tangerina, mas esta época de morangos é irresistível. Ainda bem que sobrou um pouquinho para fotografar. Receita daqui.

450g morangos pesados sem o cabinho
150g açúcar
1 colher (chá) kirsch (opcional e não coloquei)
1 colher (chá) sumo de limão
pitada de sal

Corte os morangos em pedacinhos - depois de lavados - e coloque numa tigela média com o açúcar e o kirsch e mexa até o açúcar começar a dissolver. Deixe coberto por 1 hora, mexendo de vez em quando. Passado o tempo, coloque os morangos, o sal e o sumo de limão no liquidificador e bata até formar um purê. Se quiser, passe o purê pela peneira para tirar as sementinhas, eu deixei com sementes. Leve à geladeira por algumas horas, depois faça o sobert de acordo com as instruções da sorveteira.

muffin de amora com chocolate branco


No intento de dar um final feliz ao meio pacote de amoras congeladas, me lembrei desta receita. Estes muffins foram levados pelo marido para distribuir entre as pessoas do escritório, para ver se elas gostam. Ainda não sei o veredicto, e estou bem ansiosa para descobrir...
Receita daqui.


300g farinha de trigo
2 colheres (sopa) fermento em pó
150g açúcar
1 ovo
1 colher (sopa) extrato de baunilha
225ml de leite
60g manteiga derretida
150g amoras
110g gotas de chocolate branco

Misture farinha, açúcar e fermento. Misture ovo, baunilha, leite e manteiga (bata na batedeira ou à mão). Acrescente a mistura de farinha ao creme, aos poucos, batendo sempre, até formar uma mistura homogênea, cremosa. Adicione as amoras e o chocolate, e mexa suavemente com uma colher, pois as amoras se despedaçam facilmente. Encha 2/3 das forminhas e leve ao forno pré-aquecido.
Rende 16 muffins.

6.8.09

pão de mandioca


Este pão é uma das melhores lembranças da infância. Minha mãe fazia sempre, e a vez que mais marcou foi quando ela esqueceu de colocar açúcar, o pão ficou mais duro e com um gosto meio diferente, ninguém quis comer, e eu passava geléia e ficava ótimo, desde então este é meu pão preferido.

2 ovos
10 colheres (sopa) açúcar
1 pitada de sal
1 copo de leite morno
1/2 copo de óleo de milho
500g de mandioca cozida e amassada
50g fermento biológico
1kg de farinha de trigo para pães (quantidade aproximada)

Misture o leite com o fermento, e deixe por 30 min. Coloque no liquidificador todos os ingredientes, exceto a farinha, e bata muito bem. Depois de batido, despeje numa tigela e vá adicionando a farinha aos poucos, até soltar das mãos. Sove a massa por 5 a 10 min (depende do seu preparo físico). Cubra com um pano úmido e deixe descansar por 1h. Enrole e coloque para assar. Antes pincele com gema de ovo. Faço pães pequenos, para congelar depois.

30.7.09

muffin de banana com gotas de chocolate


Tenho o mau hábito de pegar receitas pela net, anota-las no meu caderninho e não escrever a fonte, algumas me lembro bem de onde vieram, já outras... Esta eu sei que veio do all recipes e só. Adaptei em colocar um pouco de farinha integral, e é bom usar sempre iogurte integral, pois já fiz com a versão desnatada e os muffins ficaram duros. De resto, eles são ótimos para qualquer lanchinho.

1 3/4 xícara de farinha de trigo, dessa quantidade coloco
1/2 xícara de farinha integral
¾ xícara açúcar
1 colher (chá) fermento em pó
1 ovo grande
1 pitada de sal
1/2 xícara de óleo de milho
1/2 xícara iogurte integral
1 xícara de banana amassada
3/4 xícara gotas de chocolate

Misture as farinhas, açúcar, fermento e sal. Noutra tigela misture óleo, iogurte, ovo. Combine as duas misturas. Acrescente a banana e misture. Por último acrescente as gotas de chocolate. Coloque em forminhas de papel e leve ao forno sempre pré-aquecido
Rende 15 muffins.

23.7.09

esfiha


Gosto dessas esfihas bem pequenas (não aquelas minúsculas de festa infantil). Acho que deste tamanho os sabores do recheio e da massa se equilibram. Aqui usei um cortador de 10cm de diâmetro. A receita da massa peguei há muito tempo no programa da amiguinha Palmirinha.

350ml de água morna
125ml de óleo de milho
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de sal
45g fermento biológico fresco (3 tabletes)
700g farinha de trigo (aproximadamente)

Misture o fermento e o açúcar e mexa até virar uma pasta, e adicione a água morna. Em outra tigela, misture a farinha, o sal e o óleo. Acrescente a água com o fermento. Amasse bem, não precisa sovar demais, só até a massa ficar macia. Deixe descansar um pouco. Abra a massa com um rolo, aproximadamente 1cm de espessura, levantando sempre a massa (não é necessário enfarinhar a superfície). Use um cortador redondo, coloque o recheio e feche, selando bem as pontas. Pincele com gema de ovo. Forno sempre pré-aquecido, coloque numa assadeira polvilhada com farinha.

Para o recheio, uso 700g de carne moída - sobra um pouquinho - e faço um refogado simples com cebola, alho, salsinha, uma pitada de canela em pó, etc. Deixe a carne secar bem na panela.
Consegui 50 esfihinhas, nada mal...

16.7.09

sorvete de morango


Não sei qual é o encanto do sorvete no inverno, acho que combina melhor. Sou daquelas pessoas que toma sorvete de cachecol, e acha que nunca é frio demais. A receita veio daqui.

450g de morangos bem lavados e sem o cabinho
150g açúcar
1 colher (sopa) de vodca
240g de sour cream*
250g creme de leite fresco
1/2 colher (chá) sumo de limão

Coloque os morangos numa tigela juntamente com o açúcar e a vodca, misture bem, até o açúcar se dissolver. Cubra a mistura e deixe em temperatura ambiente por 1h, mexendo de vez em quando. No liquidificador, coloque os morangos, e os demais ingredientes, e pulse, a fim de deixar pedacinhos do morango. Leve à geladeira por 1h, e prepare o sorvete de acordo com as instruções da sorveteira.
* sour cream: misture creme de leite fresco e 1 colher (sopa) limão, numa tigela de vidro, e deixe em temperatura ambiente de 10 a 30 min. Depois desse tempo, guarde em geladeira até o momento de utilizar.

9.7.09

mousse de limão siciliano


A receita não especificava o tipo de limão, como tinha apenas limões sicilianos na geladeira, foram estes mesmo. Talvez um pouco menos de açúcar ficaria melhor, de todo modo, a receita é ótima, nunca havia feito e/ou comido mousse com esta base.

3 ovos
3 limões
150g açúcar
1 colher (sopa) maisena
20g manteiga

Modo de preparo:
1. Separe as gemas e as claras.
2. Lave os limões, rale fino dois deles, e esprema os três.
3. Coloque as gemas em uma panela com o açúcar, a maisena e 200ml de água.
4. Aqueça em fogo baixo, junte o suco e as raspas de limão e cozinhe lentamente até que a mistura engrosse e envolva a colher.
5. Retire do fogo e junte a manteiga batendo. Deixe esfriar.
6. Bata as claras em neve firme e incorpore-as revolvendo delicadamente.
7. Despeje a mousse de limão em taças. Leve à geladeira até a hora de servir.

Rendimento: 6 porções